EMATER
 

 

  Secretaria de Agricultura e Pecuária do Estado do Rio de Janeiro
 
Bem-vindo
Esta empresa é responsável pela assistência técnica e extensão rural no Estado do Rio de Janeiro

 
Notícia
 
Delícias da Agroindústria Familiar do Estado do RJ são atração no Rio Gastronomia 2017
08/08/2017 - 17h21
Sucesso em todas as edições do maior evento de gastronomia do país, a Feira dos Sabores, novamente será uma das atrações do Rio Gastronomia 2017. Apresentando uma mostra da qualidade e diversidade da produção da agroindústria familiar fluminense, o evento, que acontece de 4 a 13 de agosto, no Pier Mauá (armazéns 3 e 4), na Zona Portuária do Rio de Janeiro, um total de 30 produtores, incentivados pelo programa Prosperar, da secretaria estadual de Agricultura, estarão participando e comercializando seus produtos.

Doces, geleias, mel, queijos, café, água de coco, derivados de leite de cabra, palmito orgânico e embutidos são alguns dos produtos que os visitantes encontrarão na Feira. Além desses, cachaças artesanais, produzidas no estado e com reconhecimento internacional, poderão ser encontradas no espaço destinado à Feira da Cachaça .

Participando pela terceira vez do Rio Gastronomia, Fernanda Shuenk Hottz, produtora de morangos e proprietária da agroindústria “Doçuras da Sueli”, de Nova Friburgo, que produz bombons, geleias e doces de morango e chocolate, tem grandes expectativas para o evento. Ela está otimista com a apresentação de um novo produto nesta edição. Trata-se de uma ganash de chocolate com chantily e morango, doce que já é sucesso no Festival do Morango de Nova Friburgo.

- Graças à divulgação e contatos feitos nos eventos anteriores, tenho recebido muitos turistas que saem do Rio de Janeiro para visitar a nossa produção de morangos e a agroindústria. Além de comprar os produtos eles têm a oportunidade de colher a fruta e conhecer o processamento na indústria – conta ela.

De acordo com os organizadores, além de incentivar os negócios no estado, a proposta da Feira dos Sabores é colocar o produtor rural como protagonista das atividades e do cenário gastronômico do Rio.

Kátia Alves Espírito Santo, produtora da Cachaça da Quinta e presidente da Apacerj - Associação dos Produtores e Amigos da Cachaça do Estado do Rio, vê na feira uma oportunidade para os consumidores conversarem com quem produz e conhecer detalhes do processamento e da história de sua produção.

- O Rio de Janeiro é hoje um território da cachaça de alto padrão de qualidade e nada melhor do que um evento desse nível, num dos mais novos pontos turísticos da cidade, para divulgar o vigor da agroindústria fluminense e estimular quem produz - afirmou.

Na avaliação do secretário estadual de Agricultura, Jair Bittencourt, a qualidade e profissionalização alcançadas pela produção da agroindústria familiar do estado estão abrindo portas e conquistando novos canais de comercialização.



Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados

rodape